14 de set de 2011

Como Deus é?


Quando seu irmão nasceu, Sa-chi Gabriel insistia com os pais
 para ficar sozinha com o bebê. 
Temendo que, como muitas crianças de 4 anos,
estivesse enciumada e quisesse maltratá-lo,
eles não deixaram. Mas Sa-chi não dava mostra de ciúmes.
E como sempre tratava o bebê com carinho, 
os pais resolveram fazer um teste.
Deixaram Sa-chi com o recém-nascido, 
e ficaram observando seu comportamento através da porta semi-aberta.
Encantada por ter seu desejo satisfeito, 
a pequena Sa-chi aproximou-se do berço na ponta dos pés, 
curvou-se até o bebê e disse: 
“Me diz como Deus é! Eu já estou esquecendo!”
(Paulo Coelho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário